Já somos Associação

A Associação “Abraçar São Tomé e Príncipe” é uma realidade desde o dia 18 de junho, data da
assinatura da escritura, no Cartório Notarial do Dr. Pedro Tavares, em Leiria.
Foi um dia histórico para o projeto Abraçar São Tomé e Príncipe que se constituiu legalmente
como associação sem fins lucrativos e ONGD. E também porque conquistou mais um parceiro o
Dr. Pedro Tavares que realizou pró-bono a escritura da Associação.
Um gesto de solidariedade para com o povo de São Tomé que em muito sensibilizou os membros
da Abraçar São Tomé e Príncipe.
Segundo o Padre Nuno Miguel Rodrigues, Vice-presidente da Associação “este foi mais um passo
para a melhor organização e do funcionamento do que já é feito desde 2018” em prol deste povo,
mais concretamente, pela população da cidade das Neves, no distrito de Lembá, através do PDIL
(Projecto de Desenvolvimento Integral de Lembá) que é orientado pelas Irmãs Franciscanas
Hospitaleiras da Imaculada Conceição (CONFIHC).
Sem perder tempo, já teve lugar a Assembleia Geral onde foram eleitos os Órgãos Sociais para o
quadriénio 2020-2024.
Assim a Direção Social tem como presidente Catarina Fontaínhas e Vice-presidente Nuno
Rodrigues. Tiago Barbosa é o tesoureiro, Cláudia Santos, secretária e Silvino Silva, Vogal.
A Mesa da Assembleia Geral é presidida por Fernanda Inês, enquanto Teresa Sarraipa assume a
Vice-presidência e Susana Bandeira é secretária.
No Conselho Fiscal Márcia Faustino é a presidente, Pedro Gonçalves, Vice-Presidente e Rosa
Martins, a secretária.
São todos voluntários e têm como missão trabalhar para o bem-estar das centenas de crianças e
idosos que as Irmãs Franciscanas têm a seu cargo na cidade das Neves, no distrito de Lembá
Desta forma fica marcado o amor destes elementos por este povo.